Conheça os principais erros na hora de cuidar das lentes de contato

Postado dia 17 de julho de 2017
por Clinica Canto
home blog Conheça os principais erros na hora de cuidar das lentes de contato

A oftalmologista Ana Paula Canto esclarece os equívocos cometidos por paciente que podem provocar sequelas na visão e globo ocular

O uso incorreto das lentes de contato pode apenas deixar os olhos vermelhos, mas também provocar infecções corneanas de imensa gravidade por causa bactérias, de acordo com a oftalmologista Ana Paula Canto, da Clínica Canto. Apesar da gravidade, muitos cuidados são deixados de lado por falta de informação, descuido ou seguindo dicas de alguém que não é oftalmologista. Para esclarecer todas as dúvidas dos pacientes, Ana Paula Canto orienta sobre os erros mais graves cometidos na hora de cuidar das lentes de contato. 

“Eu uso as lentes de contato por mais tempo para economizar”

Essa economia pode sair cara. Usar lentes de contato por mais tempo que o indicado pode provocar desde irritações oculares até infecções corneanas e você gastará com tratamentos – em casos piores, pode até perder o globo ocular. Por isso, siga corretamente o prazo de descarte indicado. 

“Água limpa as lentes de contato tanto quanto os outros produtos”

A água não possui as propriedades necessárias para uma correta limpeza e ainda pode estar contaminada por microorganismos como a Acanthamoeba, capazes de provocar uma séria infecção corneana. Somente os produtos de limpeza adequados fazem uma higienização correta para não prejudicar nem seus olhos e nem as lentes de contato. 

“Eu uso o líquido de estojo por uns dois dias. É desperdício ficar trocando”

Não trocar o líquido do estojo sempre é o mesmo que tomar banho de banheira e guardar a mesma água para o banho do dia seguinte. As lentes sofrem um processo de higienização enquanto estão mergulhadas e o líquido fica sujo mesmo que você não perceba. Além disso, enquanto ele ficar lá sem as lentes, estará sujeito a contaminações. 

“Já faz dias que não limpo minhas lentes de contato. Mas, é só porque estou muito ocupada esta semana”

A poluição, as gorduras, as proteínas e quaisquer outras sujeiras acumuladas nas lentes de contato podem prejudicar sua visão ou globo ocular. Nunca deixe de fazer a limpeza nos períodos indicados. 

“Eu sempre entro no mar e piscina usando lentes de contato. É só eu fechar os olhos para mergulhar”
As águas de mar, rio, lagos e piscina, por causa do cloro e sujeiras, podem provocar irritações nos olhos, contaminar as lentes de contato podendo causar infecções oculares por microorganismos com a Acanthamoeba. Por mais que você feche os olhos na hora do mergulho, nos outros momentos os seus olhos estão em contato com a água. Por isso, evite usar as lentes de contato nessas ocasiões. Caso não seja possível, você deve retirar as lentes de contato logo após voltar para casa, fazer a higiene com produtos específicos e deixar as lentes repousando nesse produto por 4h a 6h. Outra opção nesses casos é utilizar uma lente de contato de descarte diário, que é jogada fora logo após o passeio. 

“Enquanto o estojo está bom, eu uso o mesmo. É só limpar bem. Para quê ficar gastando dinheiro com estojos novos?”
O estojo realmente deve ser higienizado uma vez por semana com água corrente e uma escova específica para isso, enxaguando a parte interna com o liquido de higienização da lente de contato. Mas, depois de três meses, deve ser trocado, pois, mesmo com as limpezas, microorganismos se acumulam com o tempo no estojo e ficam mais difíceis de serem removidos na limpeza. 

“Os vendedores na ótica sabem indicar o melhor tipo de lente de contato. Não vou perder tempo indo no médico”
Para iniciar o uso de lentes de contato é necessário um exame oftalmológico completo e a adaptação da lente de contato que é feita de modo personalizado. Depois que você já usa, as consultas periódicas são importantes para verificar se não há alergias ou infecções ou mesmo mudança de grau. E nunca use ou empreste lentes de contato. Cada lente é adaptada para uma pessoa e o risco de contaminação é extremamente alto. 

A oftalmologista ainda orienta para sempre procurar um especialista quando sentir qualquer irritação ocular, olhos vermelhos, sensibilidade a luz, lacrimejamento, diminuição da visão ou secreção. “Caso tenha qualquer desses sintomas, retire imediatamente a lente de contato e procure seu oftalmologista”, afirma Ana Paula Canto.

Tags
lentes de contato, prevenção, saúde ocular