Inverno favorece a transmissão das conjuntivites

Postado dia 06 de junho de 2016
por Clínica Canto
home blog Inverno favorece a transmissão das conjuntivites

Ambientes sem ventilação favorecem a transmissão da conjuntivite, que pode ser viral ou bacteriana

No dia 20 de junho inicia a estação mais fria do ano. As baixas temperaturas aliadas a lugares fechados ou mal ventilados trazem alguns das doenças oculares mais comuns no inverno: a conjuntivite. “A falta de ventilação nos ambientes e a aglomeração das pessoas provocam uma maior quantidade de componentes no ar, ocasionando sensibilidade nos olhos. E isso facilita a transmissão de doenças”, explica o oftalmologista Dr. Marco Canto, diretor da Clínica Canto.

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, uma membrana que reveste a parte branca do olho e a superfície interna das pálpebras. Segundo Dr. Canto, a doença pode ser causada por vírus ou bactérias. “Na conjuntivite bacteriana, o comprometimento é mais externo e os olhos ficam vermelhos, congestionados, com secreção purulenta (aspecto amarelado e grosso) que gruda nos cílios, sem lesões corneanas em geral”, afirma Dr. Marco Canto.

Já na conjuntivite viral, a infecção atinge internamente o tecido conjuntival e a córnea. “Esse tipo de conjuntivite lesiona a célula, o que é muito mais grave, pois deixa mais sequelas e o tratamento leva muito mais tempo”, acrescenta.

Quando a doença se manifesta nas crianças, os pais devem ficar ainda mais atentos, pois causa bastante irritação. “Geralmente o maior problema é mesmo o incômodo. A doença também pode alterar temporariamente como o paciente enxerga, ou seja, prejudicar a qualidade da visão do paciente”, alerta o oftalmologista da Clínica Canto.

O médico ainda faz um alerta, principalmente, para aquelas pessoas com histórico da doença. “É necessário que os ambientes estejam sempre limpos. Mantas, cobertores e blusas de lã devem ser lavados e secos ao sol”, ressalta Dr. Marco Canto.

Tags
Inverno, Conjuntivite, Prevenção, Doença Ocular