Problemas de visão podem atrapalhar rendimento escolar

Postado dia 01 de março de 2016
por Clínica Canto
home blog Problemas de visão podem atrapalhar rendimento escolar

Check-up oftalmológico deve ser realizado desde os primeiros anos de vida

Na hora de assistir uma aula, muitas crianças são desatentas, muito agitadas e até indisciplinadas. Essas atitudes podem não ser desobediência, mas, sim, alterações na visão. “Muitas crianças têm dificuldades de aprendizado, concentração ou dificuldade de socialização porque não enxergam direito. Aproveitar para ir ao oftalmologista no início do ano é uma grande oportunidade de começar as aulas da melhor maneira”, afirma a oftalmologista Dra. Ana Paula Canto, da Clínica Canto. 

As queixas mais comuns das crianças costumam ser dificuldades para enxergar de longe, embaralhamento na visão de perto, dores de cabeça e piscar em excesso. “Os pais devem ficar atentos e procurar um oftalmologista”, observa Dra. Ana Paula. Contudo, algumas crianças podem não perceber que têm algum problema de visão. “Isso só poderá ser diagnosticado com um exame adequado”, explica. A oftalmologista orienta que os pais prestem atenção se o filho chega muito próximo à tela do televisor, tablet ou smartphone, se tropeça muito ou “espreme” os olhos para ler, mas, ressalta: todas as crianças devem fazer, pelo menos, um exame anual até os doze anos de idade. “Para aquelas que já usam óculos pode ser necessário uma consulta a cada seis meses, dependendo da orientação médica”, salienta. 

 Os problemas de visão mais comuns na infância são miopia (dificuldade para longe), hipermetropia (dificuldade para perto), astigmatismo (dificulta visão de longe e perto), estrabismo e insuficiência de convergência (dificuldade dos dois olhos em trabalhar coordenadamente, causando diversos sintomas). “Todos eles são facilmente diagnosticados em uma consulta e têm tratamento. Por isso, é importante criar a rotina do check-up oftalmológico desde os primeiros anos de vida”, reitera a oftalmologista.

Tags
Problemas na visão, Olhos, Rendimento escolar